Na Desafio BR compilamos os melhores livros de marketing. Nesta ocasião, temos adicionado à seleção habitual de livros de publicidade, branding e mídia social, os melhores livros para empresários. Títulos muito práticos, úteis e interessantes para aqueles que querem começar o seu próprio negócio.

Como sempre, e apesar dos esforços das editoras para incluir títulos de autores brasileiros, a tendência no mercado de livros para profissionais de marketing continua a ser liderada por autores anglo-saxões, na Max5 ensina-lhe a baixar livros online, os formatos mais utilizados para ler ou fazer donwload de livros completos online são epub ou pdf.

This Is Marketing

O “This Is Marketing” do Seth Godin estava à espera. Mas valeu a pena, Godin retorna mais autêntico com um livro que em nada se desvia do seu estilo.

Além do conteúdo transgressor, seja você um comerciante ou não, os textos de Godin são muito agradáveis e podem ser lidos em quase qualquer lugar do mundo. São livros que costumo recomendar a muitas pessoas, mesmo fora do sector.

Parece simples, no entanto, um dos erros graves de muitas marcas é que até hoje ainda não orientam a sua mensagem nesse sentido. A coisa séria é que às vezes nem mesmo o produto ou serviço em si é focado nas necessidades do cliente.

É por isso que é um livro que nos traz de volta ao básico, à essência do marketing, com essa poesia inovadora que Godin faz.

Estes são tempos de mudança, de transparência, e o poder do discurso é mais forte do que nunca. Além de conquistar clientes e mais participação no mercado, Godin vê os comerciantes como transformadores culturais e sociais, gestores de mudança.

Suscribed

Um dos melhores livros de marketing para empreendedores em 2018 é “Suscrito”, não só pela qualidade do conteúdo, mas também pelo tempo que ele chega. O modelo de assinatura é a ordem do dia e tudo parece indicar que ele vai em crescendo.

O consumidor é proactivo. Nunca antes as pessoas foram tão habilitadas e à margem das marcas.

Longe estão os clientes satisfeitos e gratos. A lealdade está mais do que nunca condicionada à facilidade de consumo que a marca é capaz de oferecer. O triunfo de Cabify ou Uber é o melhor exemplo desta realidade.

Além do preço, os consumidores estão dispostos a subscrever serviços que geram satisfação. Empresas como a Netflix ou a Spotify cresceram consideravelmente nos últimos anos, defendendo um modelo que há algumas décadas seria impensável.

Este mesmo modelo de negócio em outros mercados tem uma taxa de crescimento semelhante. Este é o caso das caixas de beleza (Ipsy, Birchbox, Sephora Play), que estão tendo tanta aceitação no público feminino.

Este livro para empreendedores mergulha em várias indústrias além do varejo, como a automação. Mas o seu verdadeiro mérito é que nos faz reflectir sobre a nova visão dos utilizadores. Força os especialistas a repensar os famosos “4Ps” do marketing.

“Suscribed” é um desses livros que você vai sublinhar e preencher a margem das notas.

The Choice Factory

O comportamento do consumidor é uma das questões que sempre preocupou mais os especialistas de marketing por razões óbvias. Há muita literatura sobre o assunto, mas “The Choice Factory” ganhou um lugar na lista.

Livro para marcadores, mas adequado para todos os públicos. Uma leitura refrescante e interessante que nos dá uma visão bastante abrangente de como os consumidores agem e reagem.

Cheio de factos, conselhos e sugestões práticas. Capítulos curtos, cada um dedicado a uma nuance de comportamento humano. Carregado de exemplos práticos e referências a campanhas publicitárias que sustentam o discurso essencial.

Postdata: Eu recomendo seguir Richard Shotton no Twitter, ele compartilha coisas muito curiosas.

Everybody Lies

Big Data, Nuevos datos y lo que Internet puede decirnos sobre quienes somos realmente

Sem dúvida Seth Stephens-Davidowitz encontrou um ponto de reflexão muito interessante: compreender o comportamento das pessoas a partir da forma como pesquisamos na Internet.

A partir de dados de estudos e experiências, podemos chegar a conclusões realmente perturbadoras. De acordo com Stephens-Davidowitz, as pesquisas do Google apresentam o conjunto mais completo de dados já coletados na psique humana.

Além disso, muitas pessoas procuram no Google coisas que nunca revelariam a ninguém (opiniões políticas, pornografia, etc.). Mas na intimidade secreta entre a pessoa e o motor de busca, o que realmente nos preocupa ou nos interessa é dado rédea solta.

Todos nós criamos esse Big Data constantemente através de toda a informação que buscamos, produzimos e consumimos.

Este “cientista social” fornece inúmeros exemplos de como Big Data pode oferecer novas perspectivas sobre a psicologia e comportamento humano.

Ele defende a capacidade do Big Data de oferecer novos tipos de dados, fornecer dados honestos e nos permite abordar pequenos subconjuntos de pessoas para fazer muitos experimentos causais.

Brand now

How to Stand Out in a Crowded, Distracted World

Breve, conciso e directo. Se você não sabe o que é branding, esta pode ser uma maneira de entendê-lo sem muitos desvios. Um guia para usar se você quiser melhorar sua imagem de marca.

Você vai encontrar um conjunto de ferramentas para ajudá-lo a desenvolver sua própria estratégia. Exemplos ilustrativos e claros, combinam a perspectiva acadêmica com o ponto de vista mais experiencial e pragmático.

Um livro para empreendedores que vale bem a pena, energético e útil. Você encontrará várias ilustrações do próprio autor.

Optimizing Growth

Predictive and Profitable Strategies to Understand Demand and Outsmart Your Competitors 

O Big Data ajuda-nos a conhecer melhor a procura. “Optimizing Growth” é um manual que visa dar-nos algumas chaves para compreendermos mais profundamente os nossos clientes, concorrentes e oportunidades de negócio a partir de dados massivos.

Boa análise que ajuda a entender melhor os fatores que influenciam o crescimento de um negócio.

Por outro lado, este livro para empreendedores oferece ferramentas para alcançar um crescimento sustentável, acompanhado por uma mudança de mentalidade, uma nova sincronização do pensamento.

Especialmente recomendado para gerentes de negócios estratégicos que buscam otimizar o crescimento. Combina exemplos com informações valiosas que o leitor pode aplicar ao seu próprio negócio. Ferramentas muito práticas.

Os empresários encarregados do varejo encontrarão um modelo prático de segmentação de clientes, gestão de produtos, estabelecimento de categorias. No final de cada capítulo há algumas perguntas que podem ajudar a esclarecer muitas dúvidas.

Lost and Founder

A Painfully Honest Field Guide to the Startup World 

Não nos enganemos, há livros que são vendidos pelo que são e outros por quem são assinados. Este é o caso de Lost and Founder, de Rand Fishkin, o fundador e antigo director executivo da Moz.

Embora não seja um livro pessimista – não poderia ser assim com o humor de Fishkin – é um bom banho de realidade que quem pensa em empreender deve tomar.

Nada a ver com o brilho com que as histórias de inicialização são sempre desenhadas, muitas vezes cercado por esse hallo tão Sillicon Valley. Esta é outra história.

A Moz, fabricante de software de marketing, levou mais de uma década para crescer e gerar os benefícios que a consolidam hoje.

Embora a Moz seja uma empresa com um perfil muito específico, as aulas de Fishkin são muito aplicáveis a qualquer tipo de ambiente de negócios. Se estás a pensar em começar o teu próprio negócio, isso é uma leitura altamente recomendada.

Um livro honesto para os empresários, que mantém o mesmo humor que estamos acostumados em seus artigos e vídeos, por isso é agradável de ler.

It Doesn’t Have to Be Crazy at Work

Jason Fried e David Heinemeier Hansson são os autores mais vendidos. Embora este livro possa não corresponder aos títulos anteriores, ainda é um livro com o qual se pode contar.

Desta vez eles atiram diretamente sobre as horas intermináveis de trabalho, ansiedade e estresse que afetam tantas empresas e seus trabalhadores.

Produtividade e gestão do tempo são questões de preocupação para o empregado, mas muito mais para freelancers e empresários. A resposta, segundo os autores, não é aumentar o número de horas, mas diminuir as que causam distração.

Não há necessidade de horas extraordinárias, nem de tantas reuniões. Idealmente, o horário de expediente deve ser configurado para evitar interrupções e reduzir ao mínimo as dependências dos equipamentos.

Capítulos curtos, fáceis de digerir e com pouco barulho. Um livro para reflectir.

Top of mind

Use Content to Unleash Your Influence and Engage Those Who Matter To You

Como fazer com que os consumidores pensem sobre a sua marca da maneira certa no momento certo? John Hall descreve um conjunto de hábitos e estratégias a desenvolver, a maioria dos quais são focados em atrair o público, criar relacionamentos significativos e entregar valor de forma contínua.

Uma reflexão sobre como as necessidades e expectativas dos consumidores mudaram e como a nova situação afeta as marcas. Ele fornece algumas chaves para criar uma marca autêntica e consistente.

A partir da veracidade das experiências pessoais narradas na primeira pessoa, Hall conta suas próprias experiências e defende que são as relações que sustentam o negócio, a conexão humana. Ele insiste na importância dos hábitos e da perseverança para alcançar objetivos sólidos.

Até agora esta lista dos melhores livros para empresários, os melhores títulos do ano e que recomendamos.